Notícias

< Volta para Notícias

DIZER NÃO AO SINDICATO É DIZER SIM A REDUÇÃO DOS SEUS DIREITOS

11 de Junho de 2019 -

Você sabia que o vale-alimentação e refeição, adicional por tempo de serviço, auxílio-creche e o adicional de quebra de caixa pagos mensalmente não estão previstos em lei e só existem se estiverem previstos na Convenção Coletiva?

Você sabia que a recuperação anual dos salários em razão da perda inflacionária não é obrigatória se não existir a Convenção Coletiva?

Você sabia que a jornada de trabalho dos empregados de cooperativas de crédito é de 44 horas semanais enquanto que a sua é de 40hs por que é uma conquista prevista na Convenção Coletiva?

Você sabia que a Convenção Coletiva só existe se o Sindicato existir, for atuante e participar da negociação coletiva?

Você sabia que a Convenção Coletiva precisa ser negociada e renovada todos os anos e se isso não ocorrer o trabalhador pode perder todos esses direitos?

Abandonar o Sindicato é abandonar o seu direito a esses benefícios e muitos outros!

O SECOC não é contra o empregador! O SECOC quer o crescimento cada vez maior das cooperativas e, consequentemente, a geração de mais empregos! Mas quer, acima de tudo, que você empregado, seja valorizado!!!

O Sindicato não recebe qualquer valor do governo ou das empresas para sua manutenção e precisa do apoio de todos para continuar existindo!!!

O SECOC/RS quer continuar trabalhando pela categoria e garantindo que todos os benefícios sejam mantidos e avanços sejam conquistados.

O Sindicato também é você!

O SECOC/RS conta com o seu apoio!


< Volta para Notícias

Notícias Relacionadas

  • 13/08/2019

    Anatel: reclamações contra operadoras de telefonia caem 17,2% em junho

    Saiba mais
  • 13/08/2019

    TST suspende ações do MPT contra acordos que impõem negociado sobre legislado

    Saiba mais
  • 13/08/2019

    Gerente bancário transferido várias vezes receberá adicional de transferência

    Saiba mais
  • 12/08/2019

    BRF é condenada por recusar atestados médicos de trabalhadores

    Saiba mais
  • 09/08/2019

    LDO prevê salário mínimo de R$ 1.040 para 2020

    Saiba mais
  • 09/08/2019

    Governo quer acabar com deduções de saúde e edução no Imposto de Renda

    Saiba mais